Pessoas que necessitam de assistência

A Aigle Azur implementou um conjunto de serviços a fim de facilitar a viagem de pessoas que necessitam de assistência e de lhes proporcionar o máximo de conforto.

Passageiros com mobilidade reduzida

- Informe-nos obrigatoriamente da sua deficiência no momento da reserva.
- Previna-nos das suas necessidades de assistência no máximo 72h úteis antes da partida, contactando-nos através do callcenter@aigle-azur.fr, do +33 810 797 997 (0,06/min + preço de uma chamada) ou do 808 500 997.
Preocupada com as condições de viagem dos seus passageiros, a Aigle Azur consultará o seu médico assistente para aceitar ou declinar o pedido de admissão em voo de um passageiro com deficiência, por razões de segurança (incompatibilidade associada à configuração da aeronave, por exemplo).
Atenção: A Companhia não aceita garrafas de oxigénio.

Passageiros que viajam com gesso

Para viajar com um gesso datando de menos de 48 horas, este deverá ser fendido (a data de colocação do gesso deverá ser indicada).
Todos os passageiros que viajam com um membro partido ou fraturado devem munir-se de um certificado médico atentando a respetiva aptidão a viajar de avião.

 

Passageiros sem mobilidade

- Os passageiros com necessidade de uma cadeira de rodas para se deslocar devem, obrigatoriamente, ser acompanhados por um outro passageiro.  
Entre as cadeiras de rodas motorizadas, apenas aquelas de bateria seca (bateria lithium) podem viajar a bordo da nossa companhia, por estarem protegidas contra os curto-circuitos: ou porque a cadeira possui um disjuntor ou porque os terminais estão isolados com adesivo. 

As baterias devem estar bem presas à cadeira e cumprir as seguintes condições: 
•    se a cadeira necessita de 2 baterias para funcionar, estas não devem exceder 160 Wh cada uma,
•    se a cadeira necessita de 1 bateria para funcionar, esta não deve exceder 300 Wh.,

Não é autorizada qualquer bateria de substituição, exceto se a cadeira e as baterias tiverem sido fabricadas de forma a serem separadas. Nesse caso, o passageiro deve viajar com a(s) bateria(s) na cabine, tendo previamente isolado os terminais com adesivo e colocado a(s) bateria(s) num recipiente adequado, tal como a sua embalagem original. Pode, então, conter respetivamente:
•    2 baterias de substituição adicionais que não excedam 160 Wh cada uma (4 baterias no total)
•    1 bateria de substituição adicional que não exceda 300 Wh (2 baterias no total)

O transporte de baterias que excedam 300 Wh é proibido na cabine e no porão.

Os pedidos de cadeiras de rodas devem ser feitos durante a reserva da sua viagem, com um máximo de 72 horas de antecedência em relação à hora de partida do seu voo, preenchendo um formulário de informações médicas, o INCAD: carregar formulário. Fora destes prazos, a Companhia não poderá garantir-lhe uma tomada a cargo pela sociedade de assistência aeroportuária. 
Envie os seus formulários preenchidos para callcenter@aigle-azur.fr
Atenção: O número de cadeiras de rodas transportáveis disponíveis é limitado. Deste modo, não confirmamos automaticamente todos os pedidos e recomendamos que os passageiros com falta de mobilidade se apresentem na sua própria cadeira de rodas. 

NOVIDADE: 


A Aigle Azur propõe o seu novo cartão Sésame, que se destina exclusivamente aos passageiros com mobilidade reduzida ou sem mobilidade.

Foi concebida com o objetivo de simplificar as diligências dos passageiros com mobilidade reduzida e foi criada em colaboração com os serviços médicos, com o pessoal do aeroporto e membros da tripulação.

Clique aqui para mais informações
 

Passageiros invisuais

Uma pessoa invisual que viaje sozinha exige uma escolta desde o check-in até ao embarque, bem como à sua chegada na escala de destino. Esta pessoa pode beneficiar de uma assistência gratuita por parte das equipas do aeroporto. Um passageiro invisual pode ser acompanhado na cabina por um cão-guia, que viajará aos pés do seu dono e que deverá manter-se açaimado, ao mesmo tempo que satisfaz as formalidades sanitárias do país de destino.

Passageiros portadores de deficiência mental

Para assegurar uma segurança ótima, as pessoas portadoras de um deficiência mental devem, obrigatoriamente, ver o seu transporte validado por um atestado médico e ser acompanhadas por um outro passageiro. Esta pessoa pode beneficiar então de uma assistência gratuita das equipas do aeroporto.

Passageiros com deficiências auditivas e mudos

Uma pessoa surda ou muda que viaje sozinha exige uma escolta após o check-in até ao seu embarque, bem como à sua chegada na escala de destino. Esta pessoa pode beneficiar então de uma assistência gratuita por parte das equipas do aeroporto.